quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Berlim: Tiergarten, Zoo e Kurfurstendamm

01/11/2013

Meu primeiro novembro europeu começou com indo ao parque Tiergarten, um dos principais e mais conhecido parque de Berlim. Talvez pelo frio, fora uns poucos ciclistas e corredores, o parque estava bem.vazio. Nessa hora me lembrei de um episodio da Crossing Lines onde o detetive francês pergunta pro alemão: Se alguém quisesse escolher um parque em Berlim, central e ainda assim isolado pra assassinar alguém, qual escolheriam? E o detetive alemão responde: Tiergaten...Enfim, vendo muitas series...
Tiergarten

Andei assim mesmo por lá ate chegar a uma das extremidades do parque onde fica a Coluna da Vitoria um enorme monumento que celebra a vitoria da Prussia sobre a Dinamarca. É possível subir a torre e visitar o museu por 3 euros. Eu que adoro vistas aéreas não ia perder esta oportunidade.
O pequeno museu fala um pouco sobre a origem da coluna, e sobre outros monumentos na Alemanha e restante da Europa. O dia estava nublado e a visão que a torre oferece é mais do parque mesmo, mas uma vista aérea é sempre bem vinda.
Coluna da Vitória




Perto do Tiergarten, mas ainda assim preferi ir de ônibus, fica o Zoológico de Berlim. Meus dias em Berlim, estavam num ritmo tao tranquilo de viagem, que me permiti uma visita ao Zoo.
O local é bem grande, e tem uma grande diversidade de animais. Os leões estavam
preguiçosos nesse dia, ma adorei ver os cangurus, as focas sendo alimentadas, os ursos e o lobo branco, que me lembrou do Fantasma de Game of Thrones ( sim, sou viciada em séries).
Zoo


Zoo

video


A uns 400m do Zoo fica o Museu de Fotografia, que obviamente, deveria ter ido, mas ficou pra minha próxima visita a Berlim. Em vez disso segui pra Gedachtniskirche ou
Igreja Quebrada em bom português. Uma igreja que recebe esse nome por ter sido parcialmente destruída durante a segunda guerra. Infelizmente, no dia que fui, devido aos trabalhos de restauração a única coisa visível da igreja era uma pequena parte de uma das torres, mas as fotos dela que já tinha visto antes eram bem interessantes.
parte visível da Gedachtniskirche 

Da igreja pequei a Kurfurstendamm, uma larga avenida, com alguns cafés e restaurantes e muitas lojas, é boa pra quem quer fazer compras ou pra quem simplesmente quer andar por Berlim.
Meu ultimo destino do dia, foi conhecer a KaDeWe, uma grande e famosa loja de departamentos em Berlim, que existe desde o começo do século XX.
É um belo prédio, com vários andares onde se vende muitas grifes, e os 2 últimos andares são mais dedicados a gastronomia.

Cheguei no hotel no fim do dia, e para minha surpresa estava sem internet, mas isso trouxe vantagens, pois graça a isso conheci um português que estava de férias sozinho lá e foi uma boa companhia pra uma cerveja em alguns locais mais alternativos, nos arredores da Hackescher Markt.


Nenhum comentário:

Postar um comentário