sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

O Lado Peste de Budapeste

14/10/2013


Margem do Danúbio, Vista de Buda

O dia começou com a visita ao belo prédio do Parlamento Húngaro. As visitas são pagas e agendadas pelo site. Como os arredores do prédio estavam em obras, a melhor visão que se tem do Parlamento acaba sendo do lado Buda. A visita em si é de curtissíma duração, cerca de 30 minutos com um guia, mas o prédio não decepciona por dentro.
Parlamento Húngaro

Parlamento Húngaro

Segui então, beirando o Danúbio até a Andrassy ut. Já tinha ido no dia anterior mas era domingo e estavam todas as lojas fechadas. Pra estilo de comparação embora com menos glamour, essa avenida seria a Champs Élysées de Budapeste, cheia de grifes, de cafés e restaurantes. Até o Octogon, a parte que concentra a maior quantidade de bares, em especial na Liszt Ferenc tér, é bem comercial, mas depois a rua vai se tornando mais residencial.
Ponte das Correntes



São Estevão e Andrassy ut

Andrassy ut

Andrassy ut

É nessa larga avenida que se encontram o Teatro da Ópera de Budapeste e a Casa do Terror, um museu interativo sobre os tempos de dominação soviética, muito interessante.
Fui andando até o final da avenida onde encontra-se uma larga praça, a Praça dos Heróis, cercada pelo Museu de Belas Artes e o Palácio das Artes.
Praça dos Heróis

Atrás da praça começa o Városliget, o parque da cidade, enorme e belíssimo no outono, com as arvores amarelo alaranjadas e um mar de folhas no chão. Foi um local ótimo pra se passear.
O parque contem ainda o castelo de Vajdahunyad que atualmente abriga um museu de agricultura, um lago que congela no inverno e permite patinação, um zoológico, um parque de diversões e uma das famosas termas  Szechenyí.
Városliget

Városliget

Városliget

Városliget

Városliget
Városliget - Termas Szechenyí  




Depois de um tempo amando o parque, peguei o metro lá dentro mesmo e voltei ao centro da cidade na praça Vorosmaty Tér que também concentra muitos restaurantes e segui pela Vaci utca, famosa rua de Budapeste cheia de restaurantes e lojas de souvenir.
Vaci ut

A rua é atravessada pela ponte Elizabeth e ao fim dela está a belíssima ponte da Liberdade, ao lado do famoso Mercado Central de Budapeste que é um bom local pra comer e o melhor local pra comprar souvenir na cidade. Do outro lado da ponte, atravessando o Danúbio fica a coluna Gellert e embaixo dela o famoso hotel Gellert com suas termas, considerada a melhor de Budapeste. Nesse dia decidi não atravessar a ponte, e deixei pro dia seguinte.
Ponte Elisabeth

Mercado Central

Mercado Central

Ponte da Liberdade

Ponte da Liberdade


Mercado Central

Mercado Central

Mercado Central

Além de não estar com roupa de banho, queria descansar um pouco antes de sair mais tarde.
A noite fui conhecer num Pub Vrawl os famosos Ruins Bars em Budapeste. Sao bares que ficam em predios bem velho por fora mas que por dentro tem uma decoracao super cool, sendo bem animados. Foi um pub crawl bem interessante pelas ruas do guetto judeu da cidade. A noite em budapeste é excelente, não faltando bons locais pra ir.


2 comentários:

  1. Parabéns pelo relato!
    Estou com uma viagem programada e parte dela é bem parecida com seu roteiro.

    ResponderExcluir
  2. Olá...td bem?Gostaria de saber com relação a moeda, troca. etc....e indicações de lugares para se hospedar!!Obrigada!!

    ResponderExcluir